Candy Crush na Bolsa de Nova Iorque

O grupo criador da saga Candy Crush, a King Digital Entertainment, anunciou hoje a intenção de ingressar na Bolsa de Nova Iorque.

A King Digital Entertainment já iniciou o processo burocrático para dar entrada na Bolsa, apresentando um pedido à Autoridade Bolseira Americana, a SEC.Apesar de o preço e o número de ações ainda não ser conhecido, o objectivo do grupo será captar cerca de 365 milhões de euros (500 milhões de dólares) para o desenvolvimento da produção. A entrada na Bolsa "dará maior flexibilidade para aproveitar oportunidades estratégicas que possam surgir no futuro", disse o diretor geral e co-fundador, Riccardo Zacconi, no pedido à SEC.No final do ano passado, a King Digital Entertaiment alegou cerca de 324 milhões de usuários únicos, em média, por mês. O pico da popularidade da Saga Candy Crush surgiu com a sua disponibilização no Facebook, em Abril de 2012. O videojogo representa cerca de 75% do lucro da empresa britânica, uma vez que, apesar de o seu download ser gratuito para smartphones, os utilizadores têm a possibilidade de comprar vidas e novos níveis.Para além do Candy Crush, a empresa é ainda responsável pela criação de outras sagas como Pet Rescue, Farm Heroes, Papa Pear e Bubble Witch. Num comunicado à imprensa, o grupo britânico afirma ter seis estúdios criativos em toda a Europa e escritórios em Malta e São Francisco. "Até agora, lançámos cinco jogos para dispositivos móveis que atraíram um público de fãs. O nosso plano é capitalizar este sucesso através da construção de um amplo portfólio sustentável a longo prazo", explicou Zacconi.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG