Sonda chinesa vai pousar na Lua até ao final do ano

A China vai enviar, até final do ano, a primeira sonda espacial destinada a pousar na Lua, anunciou hoje a agência noticiosa oficial Nova China, citando uma agência governamental.

As fases de elaboração e de construção para a missão não-tripulada "Chang'e-3" estão terminadas e a missão "entrou oficialmente na fase de lançamento", anunciou a administração estatal para a Ciência, Tecnologia e Indústria.

O primeiro engenho chinês para pousar no solo lunar será lançado "no final deste ano", a partir do centro espacial de lançamento de satélites Xichang, precisou a Nova China, citada pela agência noticiosa francesa AFP.

Na mitologia chinesa, 'Chang'e' é o nome de uma mulher que vivia permanentemente na Lua, num palácio de jade. A China já tinha dado este nome a duas sondas espaciais de observação da Lua, lançadas em 2007 e 2010.

A conquista espacial é vista na China como um símbolo do novo poder do país e das ambições do Partido Comunista (PCC).

Em julho, a China concluiu com êxito a mais longa missão tripulada no espaço, a "Shenzhou X", que Pequim considerou "uma importante vitória na etapa" para a construção de uma estação espacial permanente chinesa, em 2020.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG