Colheitas de 70 dadores disponíveis este mês

O Banco Público de Gâmetas já recebeu colheitas de 50 dadores masculinos e de 20 femininos, estando previsto o início da disponibilização deste material para casais inférteis durante este mês, segundo a diretora da estrutura, única em Portugal.

Segundo Isabel Sousa Pereira, dirigiram-se a este banco 50 homens e 20 mulheres, que contribuíram para uma centena de colheitas, aceites desde o segundo semestre do ano passado.

A responsável garante que a principal razão que leva estes homens e mulheres a doarem o seu esperma e os seus óvulos é "o altruísmo", sublinhando que muitos referem ser já dadores de sangue e de medula.

Estas dádivas deverão estar disponibilizadas para casais inférteis durante este mês, logo que sejam "completados os procedimentos de segurança", adiantou.

O objetivo da instituição, que está instalada na Maternidade Júlio Dinis, do Centro Hospitalar do Porto, é "dar resposta às necessidades nacionais em termos de casais com necessidade de recorrer a técnicas Procriação Medicamente Assistida (PMA) com gâmetas de dador para tratamento da sua infertilidade".

Segundo o Conselho Nacional de Procriação Medicamente Assistida (CNPMA), foram realizadas 160 inseminações com esperma de dador em 2009. Nesse ano, foram também efetuados 85 ciclos com doação de ovócitos.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG