ARS Centro lança programas de prevenção a 17 de maio

A Administração Regional de Saúde (ARS) do Centro vai lançar novos programas de prevenção a partir de 17 de maio. Além dos vários rastreio oncológicos que tem a decorrer, a entidade vai apostar em programas para controlo de doenças crónicas, obesidade e melhoria do exercício físico.

"A nossa aposta principal é retomar programas de prevenção. Vamos fazer uma revisão do que está feito para implementação. A partir de 17 de maio vamos colocar como programas prioritários os cardiovasculares, doenças crónicas, oncologia, obesidade e exercício físico", disse ao DN José Tereso, presidente da ARS Centro, à margem de um debate no Congresso de Cardiologia, que começou hoje no Algarve.

Sobre os desafios colocados pela troika e como a saúde os deve enfrentar, o responsável, que foi moderador numa mesa redonda onde o tema foi discutido, defendeu que "a situação económica e financeira que o País enfrenta tem repercussões no Serviço Nacional de Saúde, mas deve ser vista como uma janela de oportunidades para pensar, programar, planear e decidir".

"Temos serviços redundantes, com gastos duplos e triplos. Precisamos que cada uma das pessoas faça sugestões para melhorar os resultados do SNS, que todos nós defendemos. É preciso grande colaboração das pessoas, quer sejam profissionais quer sejam o cidadão. Quando este não pratica aquilo que a saúde preconiza, não está a colaborar com o SNS", afirmou José Tereso.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG