Primeira estrela nasceu logo a seguir ao Big Bang

Investigadores australianos identificaram a estrela mais velha de sempre, que surgiu pouco depois do próprio universo

Poderíamos chamar-lhe a mãe de todas as estrelas, ou a primeira de todas. Certamente é uma das primeiras porque, na prática, é a mais antiga estrela até hoje identificada pelos cientistas. Segundo os seus descobridores, um grupo da Australian National University (ANU), ela surgiu quase logo a seguir ao Big Bang, há 13,7 mil milhões de anos. Muito, muito perto do próprio início do universo, que os cientistas calculam ter ocorrido há 13,8 mil milhões de anos.

Publicada na revista Nature, a descoberta deu assim aos astrofísicos a possibilidade de estudar pela primeira vez as particularidades químicas de uma das estrelas mais primitivas, o que contribui para contar de forma mais clara e completa a história dos primórdios do universo.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG