Portugueses resolvem mistério de doença que trava malária

Investigadores do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), em Oeiras, publicam hoje descoberta na revista Cell

Equipa coordenada pelo investigador Miguel Soares desvendou um mistério com várias décadas, ao perceber como a doença de sangue anemia falciforme, que é causada por uma mutação genética, protege contra infecção pelo parasita Plasmodium. A resposta está no monóxido de carbono produzido pelas células de hemoglobina em forma de foice que caracterizam esta doença.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG