Plutão, o último que faltava visitar. E estamos quase lá

Lançada há nove anos, a missão New Horizons, da NASA, está a chegar, e vai mostrar o agora planeta-anão como nunca o vimos.

Quando a sonda New Horizons partiu da Terra, há nove anos, Plutão ainda era um planeta. Pequeno, gelado e praticamente desconhecido, mas um planeta de corpo inteiro - o nono do sistema solar. Nestes nove anos, porém, o tempo que durou a viagem, ele foi despromovido e, por isso, o Plutão que a sonda da NASA vai estudar nos próximos meses é hoje oficialmente um planeta-anão. Em contrapartida, tem agora mais quatro luas, em relação às que se conheciam quando a missão se iniciou, em janeiro de 2006.

Nas últimas décadas, a NASA e a ESA enviaram uma quantidade de sondas através do sistema solar, com destino a Marte, Júpiter, Mercúrio, Vénus ou Saturno, e até Neptuno e Úrano receberam visitas rápidas das sondas Voyager, na década de 1980. Plutão era o único que faltava, mas depois de ter percorrido quase cinco mil milhões de quilómetros através do espaço, a New Horizons está a chegar. E com as suas observações nos próximos meses, os cientistas esperam desvendar os seus segredos.

Leia mais na edição impressa ou no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG