Novo planeta com atmosfera cheia de vapor de água

Astrónomos detetam pela primeira vez a assinatura da água num exoplaneta com apenas quatro vezes o raio da Terra

A 124 anos-luz da Terra, na constelação de Cisne, há um pequeno mundo do tamanho de Neptuno, cujo nome pouco interessante de HAT P-11b não lhe faz justiça. É que aquele exoplaneta é o primeiro do seu tamanho - o mais pequeno até gora, com um raio quatro vezes maior do que a da Terra - em que se conseguiu detetar a presença de hidrogénio e de vapor de água.

A descoberta, anuncia hoje na revista Nature por um grupo internacional de astrónomos, é considerada um passo importante no estudo destes mundos longínquos, porque abre agora a possibilidade de analisar outras atmosferas de exoplanetas de idêntica dimensão.

Leia mais pormenores no e-paper do DN

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG