Nobel da Física para "pais" do Bosão de Higgs

Staffan Normark, Secretário Permanente da Academia Real das Ciências da Suécia acaba de anunciar François Englert, da Universidade Livre de Bruxelas e Peter W. Higgs, da Universidade de Edimburgo, como os laureados do Prémio Nobel da Física em 2013.

Não se pode dizer que seja propriamente uma surpresa, mas a academia sueca distinguiu os dois investigadores pelo trabalho desenvolvido "para a descoberta teórica do mecanismo que contribui para o entendimento da origem da massa das partículas subatómicas, que recentemente confirmou a descoberta daquilo que ficou conhecido como a 'partícula de Deus'".

Esta descoberta foi confirmada no ano passado graças ao trabalho desenvolvido no Large Hadron Collider (LHC), localizado no Laboratório Europeu de Física de Partículas (CERN).

Na apresentação dos laureados, a academia sueca recordou que "em 1964, o britânico Peter Higgs e o belga François Englert propuseram a teoria de forma independente um do outro". Sendo que Englert a propôs juntamente com o seu colega já falecido Robert Brout. Em 2012, suas ideias foram confirmadas pela descoberta da chamada partícula de Higgs, no laboratório CERN perto de Genebra, na Suíça.

Outras Notícias

Outros conteúdos GMG