Não foi desta que a NASA confirmou vida em Marte

Cientistas da NASA identificaram compostos de carbono, mas não sabem se são mesmo de Marte ou se foram levados para lá pelo próprio robô. Estudo prossegue

O robô Curiosity identificou numa porção de areia do solo marciano um conjunto rico de elementos químicos e, entre eles, sinais de carbonatos, ou compostos orgânicos. Mas, dizem os cientistas da missão, não é caso para festejos. Não se sabe ainda se estes compostos são oriundos de Marte ou se se trata de simples contaminação terrestre, transportada pelo próprio rover. Mas, mesmo que sejam de origem marciana, o que ainda tem de ser determinado, podem não ter nada que ver com vida. Ou seja, há ainda um longo caminho de verificações pela frente.

Leia mais no e-paper do DN

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG