'Kepler' descobre três novos exoplanetas

Os planetas e a sua estrela constituem o mais pequeno sistema solar até agora encontrado na galáxia a que pertence a Terra.

Astrónomos detetaram três novos planetas, os mais pequenos identificados até hoje, a orbitarem uma estrela localizada para além do Sol, revelou a NASA esta quarta-feira.

A observação foi possível através da leitura da informação recolhida pelo fotómetro da sonda espacial Kepler, lançada em 2009 com o objetivo de identificar possíveis planetas de dimensões semelhantes às da Terra numa determinada área da Via Láctea.

"Este é o mais pequeno sistema solar identificado até agora", explicou John Johnson, responsável pelo Instituto de Ciência Exoplanetária da NASA. É importante por um aspeto: "prova a diversidade dos sistemas planetários na nossa galáxia", referiu o cientista.

Tratam-se de três exoplanetas (isto é, exteriores ao nosso sistema solar), tendo o mais pequeno as dimensões de Marte. Os três planetas apresentam superfícies rochosas, como a Terra, mas estão em órbita da sua estrela a uma distância que torna impossível apresentarem condições de habitabilidade. Estas definem-se pela possibilidade de um planeta puder possuir água em estado líquido.

As temperaturas do mais perto da estrela situam-se nos 440 graus Celsius, no mais distante rondam os 70 a 75 graus Celsius.

Os três planetas gastam um pouco menos de dois dias a completarem a órbita em torno da estrela.

A sonda Kepler, que se aproxima do fim do seu tempo útil de exploração, já observou mais de 150 mil estrelas para detetar intervalos nas suas emissões de luz, sinal revelador da existência de planetas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG