Vida pode ter vindo de Marte

Investigadores do MIT estão a desenvolver teste genético ultra-sensível, que deverá estar operacional dentro de dois anos

Mais de mil milhões de toneladas de rochas viajaram entre a Terra e Marte, mas só um por cento foi de cá para lá. A esmagadora maioria foram meteoritos marcianos que embateram na Terra. Com eles pode ter vindo a vida também, pensa um grupo de investigadores do MIT e da universidade de Harvard, nos Estados Unidos.

Encontrar similaridades entre os genomas terrestres e os da vida em Marte, se ela lá estiver, é o objectivo desses cientistas.

Leia mais pormenores no e-paper do DN.

Ler mais

Exclusivos