Suspensas escutas de eventuais civilizações extra-terrestres

O sistema norte-americano de escutas para captar eventuais mensagens extraterrestres cessou as suas actividades desde 15 de Abril por falta de verbas, resultante das contenções orçamentais federais.

A diminuição dos fundos concedidos à SETI (Search for Extraterrestrial Intelligence) forçou esta organização com fins não lucrativos, instalada na Califórnia, a suspender a actividade dos seus 42 radiotelescópios, conhecidos como "Allen Telescope Array" ou ATA, desde 15 de Abril.

Estes telescópios situam-se no nordeste da Califórnia, quase 500 Km a norte de São Francisco, e são o principal instrumento de detecção de possíveis comunicações extraterrestres.

"A partir desta semana, o ATA foi suspenso devido a falta de financiamento para o funcionamento dos radiotelescópios de Hat Creek (HCRO), onde se situam", escreveu o líder da SETI, Tom Pierson, numa carta enviada aos doadores privados, datada de 22 de Abril e publicada no site de Internet da SETI.

"A suspensão significa que a partir desta semana, os equipamentos já não estão disponíveis para observações de rotina e a sua manutenção é assegurada por equipas fortemente reduzidas", acrescentou.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Adriano Moreira

O relatório do Conselho de Segurança

A Carta das Nações Unidas estabelece uma distinção entre a força do poder e o poder da palavra, em que o primeiro tem visibilidade na organização e competências do Conselho de Segurança, que toma decisões obrigatórias, e o segundo na Assembleia Geral que sobretudo vota orientações. Tem acontecido, e ganhou visibilidade no ano findo, que o secretário-geral, como mais alto funcionário da ONU e intervenções nas reuniões de todos os Conselhos, é muitas vezes a única voz que exprime o pensamento da organização sobre as questões mundiais, a chamar as atenções dos jovens e organizações internacionais, públicas e privadas, para a necessidade de fortalecer ou impedir a debilidade das intervenções sustentadoras dos objetivos da ONU.