É normal a estupidez propagar-se... é um vírus

Cientistas defendem que vírus ATCV-1 ataca o cérebro e limita a aprendizagem e a memória.

Afinal, há uma explicação para a estupidez humana. Diz um grupo de cientistas norte-americanos que é causada por um vírus que ataca o DNA e que faz que os infetados fiquem menos inteligentes. Isto porque o ATCV-1 prejudica a atividade do cérebro, sobretudo ao nível da aprendizagem e da memória.

Investigadores da Escola de Medicina John Hopkins e da Universidade de Nebraska descobriram vestígios do vírus na garganta de 40 indivíduos que participaram no estudo, num total de 90. Aqueles que estavam infetados apresentaram piores resultados em testes de inteligência, nomeadamente menor capacidade de concentração e de perceção espacial. Até então, o vírus ATCV-1 só tinha sido identificado em algas verdes nos lagos e rios, desconhecendo-se, ainda, como infeta o ser humano. Citado pelo jornal The Independent, Robert Yolken, o virologista que liderou o estudo, destacou que "este é um exemplo notável que mostra que os microrganismos inócuos que carregamos podem afetar o comportamento e a cognição."

Leia mais pormenores na edição impressa ou no e-paper do DN