Descoberta nova partícula que pode ser o bosão de Higgs

A Organização Europeia para Pesquisa Nuclear (CERN) anunciou esta manhã que descobriu uma partícula nova que pode ser o bosão de Higgs, elemento subatómico fundamental para conferir massa ao universo

Os físicos têm tentado encontrar provas da existência do bosão de Higgs há quase 50 anos. A partícula entrou no léxico comum quando começou a ser chamada, pelos jornalistas, como a "partícula de Deus".

Nos últimos dias, os cientistas poderão ter finalmente encontrado este elemento. A partícula hoje anunciada, afirmam os investigadores, tem características de massa e comportamento previstas para o bosão de Higgs, mas são ainda precisas mais experiências para o confirmar.

O bosão de Higgs combina duas forças da natureza e mostra que são, de facto, aspetos diferentes de uma mesma força maior, sendo que esta partícula é a responsável pela existência de massa nas partículas elementares.

Os resultados das pesquisas, que não são conclusivos, porque os cientistas preferem manter a prudência, são hoje explicados numa conferência de imprensa.

Exclusivos