Antibiótico descoberto em cogumelos do estrume dos cavalos

A equipa de cientistas que descobriu o antibiótico quer agora saber como é que os cogumelos usam antibióticos há milhões de anos sem promoverem o desenvolvimento de superbactérias.

Um grupo de investigadores no Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETHZ, na sigla alemã), na Suíça, descobriu uma nova proteína com capacidades antibióticas. A proteína é produzida pelo cogumelo Coprinopsis cinerea, que costuma crescer no estrume dos cavalos.

A substância protéica chama-se copsin e tem o mesmo efeito que os antibióticos tradicionais, mas estes costumam ser compostos não-protéicos.

A copsin foi descoberta quase por acidente, quando os investigadores procuravam perceber como é que o cogumelo C. cinerea interagia com diferentes bactérias. Foi ao cultivar o cogumelo juntamente com as elas que perceberam que este produzia uma substância capaz de matar certas bactérias.

Para Markus Aebi, líder da equipa do ETHZ que fez a descoberta, o principal foco da investigação não está nas suas aplicações práticas, sublinhando mesmo, citado no comunicado do ETHZ desta sexta-feira, que ainda não é certo que a copsin venha a ser usada como um antibiótico médico.

O que interessa mais a equipa autora do estudo, publicado no Journal of Biological Chemistry, é a forma como os fungos como o C. cinerea produzem estas substâncias antibióticas há milhões de anos sem terem criado superbactérias, um problema grave que enfrentam os humanos, que só usam antibióticos médicos há cerca de 70 anos.

"Os fungos têm instruções internas sobre como usar estas substâncias sem resultar na seleção de bactérias resistentes. Como descodificar estas instruções é um problema intrigante para a ciência", explica Aebi no comunicado do ETHZ.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Daniel Deusdado

Estou a torcer por Rio apesar do teimoso Rui

Meu Deus, eu, de esquerda, e só me faltava esta: sofrer pelo PSD... É um problema que se agrava. Antigamente confrontava-me com a fria ministra das Finanças, Manuela Ferreira Leite, e agora vejo a clarividente e humana comentadora Manuela Ferreira Leite... Pacheco Pereira, um herói na cruzada anti-Sócrates, a voz mais clarividente sobre a tragédia da troika passista... tornou-se uma bússola! Quanto não desejei que Rangel tivesse ganho a Passos naquele congresso trágico para o país?!... Pudesse eu escolher para líder a seguir a Rio, apostava tudo em Moreira da Silva ou José Eduardo Martins... O PSD tomou conta dos meus pesadelos! Precisarei de ajuda...?

Premium

arménios na síria

Escapar à Síria para voltar à Arménia de onde os avós fugiram

Em 1915, no Império Otomano, tiveram início os acontecimentos que ficariam conhecidos como o genocídio arménio. Ainda hoje as duas nações continuam de costas voltadas, em grande parte porque a Turquia não reconhece que tenha havido uma matança sistemática. Muitas famílias procuraram então refúgio na Síria. Agora, devido à guerra civil que começou em 2011, os netos daqueles que fugiram voltam a deixar tudo para trás.