Encontrado fragmento do meteorito que caiu na Rússia

Um fragmento gigante do meteorito que caiu em fevereiro passado na região dos montes Urais (centro-oeste da Rússia), que provocou na altura mais de mil feridos, foi hoje retirado de um lago, segundo a televisão russa.

O fragmento, com cerca de metro e meio de comprimento, foi resgatado do lago Tchebarkoul, que fica perto da zona de impacto do meteorito. A operação, que envolveu mergulhadores, foi transmitida em direto na televisão.

Durante os trabalhos, o fragmento acabou por dividir-se em pelo menos três partes.

Os cientistas envolvidos na operação não conseguiram determinar o peso exato do fragmento, uma vez que a balança utilizada no local estragou-se depois de ultrapassada a fasquia dos 570 quilos.

"Segundo os primeiros testes, podemos afirmar que é um fragmento de um meteorito", afirmou o professor da universidade de Tcheliabinsk, Serguei Zamozdra, em declarações à agência Interfax.

"É o maior fragmento do meteorito e estará provavelmente entre os 10 maiores meteoritos alguma vez encontrados", sublinhou Zamozdra.

Outros peritos citados pelas agências internacionais admitiram a necessidade de testes suplementares.

Mais de 12 fragmentos identificados aparentemente como meteoritos foram retirados do lago Tchebarkoul desde fevereiro passado, mas apenas quatro reuniam as características exactas.

A 15 de fevereiro, um meteorito caiu a cerca de 80 quilómetros da cidade de Tcheliabinsk, na região dos montes Urais.

Segundo a agência espacial norte-americana, a NASA, o meteorito, cuja queda provocou mais de 1500 feridos, incluindo 319 crianças, tinha uma massa de cerca de 10 mil toneladas quando entrou na atmosfera.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG