Descoberta nova lua em Plutão

Observações foram feitas pelo telescópio espacial Hubble no início deste mês.

Mesmo despromovido da sua anterior condição de planeta, Plutão, que é agora um planeta-anão, continua a dar alegrias aos cientistas. Graças ao telescópio espacial Hubble, os astrónomos descobriram mais uma lua de Plutão, a quarta. Temporariamente designada P4 (P de Plutão, 4 por ser a quarta lua), este novo corpo celeste nos confins gelados do sistema solar vem juntar-se às outras três luas conhecidas na órbita de Plutão: Charon, Hydra e Nix.

Esta P4 é a lua mais pequena das quatro, com um diâmetro para já estimado entre os os 13 e os 34 quilómetros. Charon, a maior das quatro, tem mil quilómetros de diâmetro. Já Nix e Hydra têm respectivamente 32 e 113 quilómetros de diâmetro.

A descoberta foi feita pelo telescópio Hubble, durante observações realizadas no início deste mês, no âmbito de um programa de observação sistemática daquele longínquo planeta-anão que está a preparar a missão da NASA New Horizons, com viagem marcada para lá em 2015.

"É uma descoberta fantástica", disse o principal investigador da missão New Horizons, Alan Stern, citado num comunicado da NASA. "Agora que sabemos que há uma nova lua no sistema de Plutão poderemos planear voos específicos para fazer ali observações", sublinhou o mesmo investigador.

A nova lua está situada entre as órbitas de Nix e Hydra, duas luas cuja descoberta também foi feita pelo Hubble, em 2005. Charon já era conhecida desde 1978.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG