Cientistas mediram mais de 15 mil pénis em busca do valor médio mundial

O seu pénis (ou o do seu namorado...) tem 13,12 centímetros em ereção e um perímetro de 11,66 cm? Então está precisamente na média mundial.

Um grupo de cientistas analisou de forma sistemática as medição aos pénis de 15.521 homens, tanto em estado flácido como em ereção, para descobrir qual a média mundial do tamanho deste órgão sexual.

Os resultados foram ontem divulgados num estudo publicado na Wiley Online Library, repositório de estudos científicos que aí ficam disponíveis para avaliação por outros especialistas.

As conclusões são rapidamente descritas: um pénis médio tem, quando ereto, 13,12 centímetros de comprimento e 11,66 cm de perímetro (ou circunferência); em estado de repouso, os valores respetivos descem para 9,16 e 9,31 centímetros.

Segundo noticia a edição online do jornal britânico The Guardian, este estudo tem particular relevância para médicos que têm pacientes que, ainda que provavelmente esteja dentro dos valores médios, sofrem da chamada "ansiedade do pénis pequeno". Ou seja, homens que se sentem inseguros com o tamanho do seu órgão sexual - insegurança essa que os prejudica tanto na vida íntima como noutras formas de interação social.

Os investigadores juntaram as medições realizadas em 20 estudos anteriores, a homens dos 17 aos 91 anos residentes na Europa, Ásia, África e os Estados Unidos.

A análise dos dados permitiu ainda descobrir que apenas 2,28% dos homens tem um pénis anormalmente pequeno. E, coincidentemente, a mesma percentagem possui um órgão sexual de dimensões muito acima da média.

A análise permitiu ainda pôr em causa dois mitos: não parece existir qualquer relação entre o tamanho do pénis e a raça humana - ainda que a maioria dos participantes eram descendentes de europeus e indivíduos do médio oriente, pelo que é possível que esta média fosse assim um pouco distorcida; e não foi encontrada qualquer relação entre o tamanho do pé e o comprimento do pénis.

O estudo poderá ainda ser utilizado na criação de preservativos de dimensões mais adequadas às populações.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG