Centenas de crianças viram "trânsito de Vénus"

Centenas de jovens e crianças de Timor-Leste observaram hoje em Díli o "trânsito de Vénus", um fenómeno raro que só pode voltar a ser visto dentro de 105 anos, no âmbito do projeto Universe Awareness.

Entre as 09:00 e as 13:30 locais (menos oito horas em Lisboa) centenas de alunos de várias escolas da capital do país deslocaram-se ao Palácio do Governo para ver um pontinho negro sobre o Sol.

O fenómeno só foi visto na América, Ásia e Oceânia.

"Estamos a presenciar um evento muito raro e que pela primeira vez em muitos séculos também é visível aqui na ilha de Timor-Leste", disse à agência Lusa o astrónomo português, Pedro Russo.

Pedro Russo integra o projeto Universe Awareness, que desde a semana passada tem percorrido várias escolas timorenses para mostrar e explicar a astronomia aos mais novos.

"Nós queremos continuar a trabalhar com o Ministério da Educação e ter um programa a longo prazo na área da educação para a astronomia", explicou, salientando que, este ano, ainda vão ser distribuído "kits" educativos por várias escolas do país.

Pedro Russo falava à Lusa enquanto crianças em fila iam espreitando Vénus pelos vários telescópios espalhados pelo parque em frente ao Palácio do Governo.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG