Recorde histórico nos níveis de CO2

A concentração de dióxido de carbono (CO2), o principal gás com efeito estufa implicado nas alterações climáticas, bateu um ontem novo recorde histórico.

Pela primeira vez as medições diárias no Havai registaram a marca de 400 ppm (partes por milhão) - em cada milhão de moléculas de ar, 400 são de CO2. Um nível que, segundo os cientistas, só existiu antes na Terra entre há três e seis milhões, quando a temperatura média do planeta era consideravelmente mais alta do que agora, e ainda faltava muito para surgir o Homo sapiens.

As medições de CO2 no Havai, no topo do vulcão Mauna Loa, são feitas desde 1958. O valor médio registado nesse ano foi de 315 ppm. Mas desde então, a concentração aumentou e após 55 anos chegou ao 400 ppm.

O aumento do CO2 na atmosfera decorre das emissões causadas pela queima dos combustíveis fósseis (petróleo e carvão) para a produção energética, atividades industriais e transportes. Resta saber se o problema das alterações climáticas voltará a ser prioritário para os decisores mundiais.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG