Peixes geneticamente modificados para serem cor-de-rosa

Uma equipa de investigadores de Taiwan anunciou o desenvolvimento dos primeiros peixes cor-de-rosa, geneticamente modificados para obterem a cor e brilharem sem a necessidade de luz negra

Os novos peixes foram desenvolvidos a partir dos pomacanthidae, os chamados "peixe-anjo", nativos do Rio Amazonas, que atravessa algumas regiões da América do Sul. Os cientistas utilizaram um gene de uma proteína cor-de-rosa fluorescente extraída dos corais acropora por Chen Ming-Chyuan, da Universidade Nacional de Taiwan.

O projeto foi apresentado no Taiwan International Expo Aquarium, um evento que decorre até à próxima segunda-feira e são o resultado de uma parceria entre a Academia Sinica de Taiwan, A Universidade Nacional de Ocenografia do país e a empresa de biotecnologia Lin Jy, de acordo com o Taiwan Today.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG