Ponte 25 de abril entra em obras mas cortes na via só em maio

As primeiras intervenções são na estrutura da ponte. Em quatro fins de semana de 2019 - dois em maio, dois em outubro - haverá corte total da via rodoviária. Preços aumentam em janeiro

Arrancam esta quarta, 19 de dezembro, as obras estruturais na Ponte 25 de Abril - que se vão prolongar durante os próximos dois anos. Para já, não haverá qualquer interrupção nas vias de rodagem. Essas acontecerão em dois fins de semana de maio e dois de outubro, e apenas em horário noturno.

O objetivo é reduzir ao mínimo o impacto sobre os cidadãos. No caso dos comboios, não haverá qualquer alteração, mas haverá cortes totais nos dois sentidos no tabuleiro rodoviário.

As interrupções vão acontecer sempre de madrugada. No sentido norte-sul, o corte ocorre nos dias 18 e 19 de maio de 2019 (00:30-08:30) e em 13 e 28 de outubro.

Já no sentido contrário, sul-norte, as interrupções estão previstas para o fim de semana de 11 e 12 de maio, além de 12 e 19 de outubro.

Quanto aos aumentos de preços nas portagens, as verbas ainda não estão definidas, mas o ministério do Planeamento e das Infraestruturas disse ao DN que o contrato com a Lusoponte não sofrerá alterações por causa desta intervenção.

Em 2017, 144.930 pessoas atravessaram em média a ponte diariamente. Depois de o Laboratório Nacional de Engenharia Civil explicar num relatório a necessidade de obras urgentes na Ponte 25 de Abril, o governo anunciou uma intervenção de 18 milhões de euros. As obras começam agora.

Exclusivos

Premium

Flamengo-Grémio

Jesus transporta sonho da Champions para a Libertadores

O treinador português sempre disse que tinha o sonho de um dia conquistar a Liga dos Campeões. Tem agora a oportunidade de fazer história levando o Flamengo à final da Taça Libertadores para se poder coroar campeão da América do Sul. O Rio de Janeiro está em ebulição e uma vitória sobre o Grémio irá colocar o Mister no patamar de herói.