Novos autocarros da Carris estão a caminho. Veja como são

Fernando Medina visitou oficinas onde estão a ser montados os primeiros autocarros que vão reforçar a frota da Carris. E publicou as fotos

O presidente da Câmara Municipal de Lisboa publicou ao início da tarde desta sexta-feira quatro imagens da montagem dos novos autocarros que vão integrar a frota da Carris.

As imagens mostram partes dos veículos a ser "encaixadas" numas nas outras e o interior de um dos autocarros e foram tiradas na fábrica da CaetanoBus, no Porto, onde Fernando Medina esteve esta sexta-feira de manhã.

A acompanhar as fotos o autarca escreveu a frase: "Os novos autocarros da Carris já estão na linha de montagem e vêm a caminho de Lisboa".

A câmara comprou cerca de 200 autocarros e tinha apontado como objetivo ter cerca de 100 a circular na capital durante o mês de setembro.

Os primeiros veículos, todos a gás natural, terão três formatos: articulados, standart (com 52 lugares) e midis (mais pequenos, de 26 lugares) que deverão ser utilizados nas carreiras que servem os bairros.

Esta entrega inicial - que não tem data anunciada - vai servir para reforçar a frota da empresa de transportes de Lisboa e fará parte de um total de 200 autocarros que a autarquia quer ver chegar à Carris até ao final de 2019. Deste cerca de 160 serão a gás natural comprimido.

Inserido no investimento de renovação da frota está ainda a aquisição de 15 elétricos.

Exclusivos

Premium

Ferreira Fernandes

A angústia de um espanhol no momento do referendo

Fernando Rosales, vou começar a inventá-lo, nasceu em Saucelle, numa margem do rio Douro. Se fosse na outra, seria português. Assim, é espanhol. Prossigo a invenção, verdadeira: era garoto, os seus pais levaram-no de férias a Barcelona. Foram ver um parque. Logo ficou com um daqueles nomes que se transformam no trenó Rosebud das nossas vidas: Parque Güell. Na verdade, saberia só mais tarde, era Barcelona, toda ela.