PSP detém oito carteiristas em Lisboa em quatro dias

Os detidos, com idades entre os 25 e os 42 anos, são suspeitos de furtarem carteiras em locais turísticos

A Polícia de Segurança Pública (PSP) de Lisboa, através da Divisão de Investigação Criminal, deteve oito carteiristas, com idades entre os 25 e os 42 anos, entre segunda-feira e quinta-feira da semana passada, foi esta terça-feira anunciado.

Os detidos são suspeitos de furtarem carteiras em locais turísticos, segundo informa a polícia em comunicado.

Na segunda-feira (13 de agosto), a PSP deteve um homem e duas mulheres, após terem roubado 275 euros em dinheiro a um turista no interior de um transporte público, avança a mesma nota, acrescentando que o dinheiro foi apreendido e devolvido ao proprietário.

Já na terça-feira, um homem e duas mulheres foram também detidos na sequência do furto de uma carteira no valor de 20 euros, com documentos, cartões bancários e 200 euros em dinheiro, a uma turista, na freguesia de Santa Maria Maior, na baixa lisboeta. Também neste caso os bens foram devolvidos à proprietária.

Todos estes suspeitos possuem antecedentes criminais pela prática do mesmo ilícito

Por fim, a PSP deteve na quinta-feira dois homens, na freguesia de Arroios, "por terem seguido uma turista, tendo aberto a mochila que tinha às costas e, quando um dos carteiristas já tinha a mão dentro da mochila, a turista deu pela presença deles e começou aos gritos, levando a polícia a intervir e a deter os homens", lê-se no comunicado.

A PSP nota ainda que todos estes suspeitos possuem antecedentes criminais pela prática do mesmo ilícito e acrescenta que uns foram presentes na Instância Local de Pequena Criminalidade de Lisboa e os outros no Tribunal Judicial da Comarca de Lisboa para primeiro interrogatório judicial.

Na primeira situação, o homem e uma das mulheres ficaram em prisão preventiva, tendo a outra suspeita sido sujeita à medida de coação de apresentações periódicas na PSP.

Já no segundo caso, que ocorreu na quinta-feira e levou à detenção de dois homens em Arroios, ambos têm julgamento marcado para quinta-feira, 23 de agosto.

Relativamente aos três carteiristas detidos na passada terça-feira, todos eles foram sujeitos à medida de coação de termo de identidade e residência.

Ler mais

Exclusivos