Metropolitano de Lisboa vai funcionar toda a noite na passagem de ano

As linhas azul, verde e vermelha do Metropolitano de Lisboa irão funcionar durante toda a noite na madrugada de dia 1 de janeiro, informou a empresa em comunicado.

De acordo com o documento, na linha azul estarão abertas as estações da Reboleira, Amadora-Este, Pontinha, Colégio Militar-Luz, Jardim Zoológico, São Sebastião, Marquês de Pombal, Restauradores e Baixa-Chiado, enquanto na linha verde irão funcionar as estações de Telheiras, Campo Grande, Areeiro, Alameda, Anjos, Rossio, Baixa-Chiado e Cais do Sodré.

Na linha vermelha estarão abertas as estações de Moscavide, Oriente, Olivais, Chelas, Alameda e São Sebastião.

Na página da 'internet' da empresa, o metro lembra ainda que, "por ocasião das festividades previstas para a noite de fim de ano na Praça do Comércio, a estação Terreiro do Paço (linha Azul) encerrará às 18:30 do dia 31 de dezembro, reabrindo às 06:30 do dia 01 de janeiro de 2019".

Exclusivos

Premium

Crónica de Televisão

Os índices dos níveis da cadência da normalidade

À medida que o primeiro dia da crise energética se aproximava, várias dúvidas assaltavam o espírito de todos os portugueses. Os canais de notícias continuariam a ter meios para fazer directos em estações de serviço semidesertas? Os circuitos de distribuição de vox pop seriam afectados? A língua portuguesa resistiria ao ataque concertado de dezenas de repórteres exaustos - a misturar metáforas, mutilar lugares-comuns ou a começar cada frase com a palavra "efectivamente"?

Premium

Margarida Balseiro Lopes

O voluntariado

A voracidade das transformações que as sociedades têm sofrido nos últimos anos exigiu ao legislador que as fosse acompanhando por via de várias alterações profundas à respetiva legislação. Mas há áreas e matérias em que o legislador não o fez e o respetivo enquadramento legal está manifestamente desfasado da realidade atual. Uma dessas áreas é a do voluntariado. A lei publicada em 1998 é a mesma ao longo destes 20 anos, estando assim obsoleta perante a realidade atual.