Cartão Escolar de primeiro ciclo vale transportes grátis em Lisboa este ano letivo

A medida vai abranger 14.200 alunos das escolas públicas e escolas privadas ainda podem aderir ao programa.

Os alunos do primeiro ciclo das escolas públicas de Lisboa podem utilizar o cartão escolar para viajar de forma grátis "na rede urbana da Carris" e no metropolitano, a partir deste ano letivo, uma medida que vai abranger mais de 14 mil crianças e que deverá ser alargada no próximo ano, segundo o comunicado enviado esta terça-feira pela Câmara Municipal de Lisboa.

De acordo com a nota enviada pela autarquia, "14.200 alunos das escolas públicas do primeiro ciclo" vão receber o novo cartão, que "concentra as funcionalidades dos cartões escolares com acesso gratuito à rede urbana da Carris" e do Metropolitano de Lisboa.

A informação enviada pelo município da capital também refere que o cartão também vai estar "disponível para os estudantes das escolas privadas do concelho, que decidam aderir ao programa".

O cartão vai funcionar como os restantes cartões utilizados nos transportes públicos da cidade e a Câmara de Lisboa refere que "a medida deverá ser estendida no próximo ano às escolas" do segundo e terceiro ciclos, "permitindo a viagem gratuita até aos 12 anos e a conciliação do cartão escolar com o título de transportes a todos os outros".

A atribuição do cartão "é gratuita" e os encarregados de educação deverão preencher o "impresso de partilha de dados".

A medida foi anunciada em janeiro pelo ex-vereador da Educação, Ricardo Robles (BE - que recebeu também o pelouro dos Direitos Sociais na sequência de um acordo firmado com o PS depois das eleições autárquicas de 2017), que referiu a intenção da autarquia de ir além destes três ciclos.

"Ainda não estabelecemos até onde será, mas o objetivo é ser uma coisa progressiva, segundo, terceiro [ciclos], secundário (...), mas é um faseamento no tempo que ainda não temos definido, e portanto vamos articular também com o vereador da mobilidade", referiu na altura Ricardo Robles à agência Lusa.

Atualmente, os passes para a rodoviária Carris e Metropolitano já são gratuitos para crianças até aos 12 anos.

Exclusivos

Premium

Líderes europeus

As divisões da Europa 30 anos após o fim da Cortina de Ferro

Angela Merkel reuniu-se com Viktor Orbán, Emmanuel Macron com Vladimir Putin. Nos próximos dias, um e outro receberão Boris Johnson. E Matteo Salvini tenta assalto ao poder, enquanto alimenta a crise do navio da ONG Open Arms, com 107 migrantes a bordo, com a Espanha de Pedro Sánchez. No meio disto tudo prepara-se a cimeira do G7 em Biarritz. E assinala-se os 30 anos do princípio do fim da Cortina de Ferro.