Valongo junta mais de cem ilusionistas de vários países

Mais de uma centena de ilusionistas nacionais e internacionais reúnem-se no fim de semana em Ermesinde, concelho de Valongo, para "levar a magia a toda a comunidade" e "trocar ideias sobre a arte", descreveu hoje fonte da organização.

O evento "Magic Valongo" tem início a meio da manhã de sábado, estendendo-se até domingo, com atividades que se destinam aos participantes inscritos no festival, incluindo uma conferência sobre magia e a entrega dos prémios dos concursos.

"Estamos a levar a magia a toda a gente. Gostaríamos mesmo de envolver mais a comunidade ou até de nos estendermos a outros concelhos, mas a aposta neste momento é continuar a fazer bem e consolidar um evento que se realiza desde 1992 sempre em Valongo", disse à agência Lusa Fernando Castro, da Associação Magic Valongo.

A organização, a cargo desta associação e da câmara local, destacou hoje a presenças de artistas e acompanhantes de países como Suécia, Espanha, Argentina e, "naturalmente o anfitrião Portugal".

Mago Marcius e Pablo Segobriga são dois dos mágicos "prestigiados e premiados", que passarão pelo Fórum Cultural de Ermesinde durante o fim de semana, destacando-se também o português David Sousa, detentor de títulos de vice-campeão mundial em concursos e congressos internacionais.

"Aproveita-se também para trocar ideias sobre esta arte. Temos uma componente reservada à discussão", referiu Fernando Castro, a propósito das atividades agendadas para domingo.

No sábado o programa da 23.ª edição do Magic Valongo nclui um concurso de palco, às 16:00, um espectáculo de rua no Largo da Estação de Ermesinde, mesmo junto ao Fórum Cultural, às 17:30, com acesso livre e gratuito, e a gala internacional às 21:45, cujos bilhetes custam cinco euros.

Relativamente à adesão do público, a organização disse ter "expetativa de conseguir lotar a sala de espetáculos", sendo que esta pode acolher cerca de três centenas de pessoas.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG