"Cândida - Uma história portuguesa" estreia quarta-feira

Cândida Branca Flor, com 51 anos de vida e 25 anos de carreira morreu no anonimato depois do estrelato. Agora é uma peça que estreia quarta-feira no Teatro Aberto pelas 21:30 na Sala Azul. A peça estará em cena até dia 2 de Outubro de 2011.

Cândida - Uma história portuguesa é um espectáculo de André Murraças, que a convite da Cassefaz se debruçou sobre a icónica figura de Cândida Branca Flor.

O texto reflecte sobre a vida e obra da artista, focando a necessidade de ser amado e tentando perceber as expectativas de um público que tanto é capaz de adorar um ídolo, como esquecê-lo.

O texto original que mistura o humor com a tragédia, procura descobrir quem foi esta cantora popular que se suicidou num subúrbio, abandonada, só, sem público nem amor.

Sílvia Filipe é a protagonista desta peça produzida pelo Grupo Cassefaz (50ª produção do grupo) que se apresenta na Sala Azul do Teatro Aberto. A actriz veste a pele de Cândida Branca Flor, uma das personalidades mais fascinantes e menos compreendidas da música popular portuguesa.

FICHA ARTÍSTICA

Texto: André Murraças

Encenação: André Murraças | Paulo Ferreira

Com: Sílvia Filipe

Participação Especial: Guilherme Filipe

ESPECTÁCULOS

4ª a Sábado às 21:30

Domingo às 16:00

M/12

14 de Setembro a 2 de Outubro de 2011

HORÁRIO

Diariamente das 14 às 22:00

Reservas 213 880 089 ou bilheteira@teatroaberto.com

FNAC | ABREU | WORTEN | C.C Dolce Vita | Megarede | El Corte Inglés (Lisboa e Gaia) www.ticketline.pt (T) 707 234 234

PREÇOS

Normal - 12 euros

Jovem (até 25 anos) - 8 euros

Sénior (mais de 65 anos) | Parcerias | Grupos a partir das 10 pessoas - 10 euros

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG