Olhos Grandes

Veja aqui a crítica de Flávio Gonçalves ao novo filme de Tim Burton.

FLÁVIO GONÇALVES (Classificação 4/5)

Tim Burton pede-nos mais honestidade e coração

O regresso de Tim Burton às salas de cinema está bem longe das referências do universo gótico a que foi habitualmente etiquetado, às quais ele próprio chegava ao ponto último da autorreflexividade nos filmes estreados em 2012, Frankenweenie e Sombras da Escuridão. Vinte anos depois de Ed Wood (1994), o autor voltou a aliar-se à dupla de argumentistas Scott Alexander e Larry Karaszewski para ficcionar a história de vida da pintora Margaret Keane, que durante anos viu a sua identidade anulada e o seu trabalho atribuído ao nome do marido autoritário, Walter Keane (Christoph Waltz). Funcionando como uma fábula sobre o valor da verdade, Olhos Grandes não poupa ninguém na desconstrução que faz da arte no tempo da reprodução em massa e das ilusões que alimentam o seu comércio. Através dos olhos de Amy Adams, o autor só nos pede mais honestidade e coração.

Ficha de Filme

Título original: Big Eyes

Realizador: Tim Burton

Com: Amy Adams, Cristoph Waltz

Ano: 2014

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG