Pop Dell'Arte editam em Junho novo álbum

Os portugueses Pop Dell´Arte editam a 14 de Junho o álbum "Contra Mundum", o primeiro de originais em quinze anos, desde "Sex Symbol" (1995), foi já anunciado.


"Contra Mundum" foi gravado ao longo de 2009 no estúdio Golden Pony, em Lisboa, e contou com a participação do trompetista britânico Simon White e do DJ Rui Vargas.

Na página oficial do grupo pode já ouvir-se o single "Ritual Transdisco", mas sabe-se que o álbum inclui ainda os temas "Slave for sale" e Diary of a soldier (I saw you dancin')", no qual participa aquele trompetista.

O álbum assinala o regresso dos Pop Dell´Arte com nova formação.

Aos fundadores João Peste (voz) e Zé Pedro Moura (baixo) e a Paulo Monteiro (guitarrista desde 1993), juntam-se ainda Eduardo Vinhas (teclados) e Nuno Castedo (bateria), ex-More República Masónica.

O concerto de apresentação do novo álbum está marcado para Junho no cinema Nimas, em Lisboa, numa sessão que contará ainda com a presença do Jorge Ferraz Trio e da exibição de filmes de Ruediger Neumann e de Gabriel Abrantes.

Os Pop Dell´Arte surgiram em 1984, tiveram um percurso irregular mas marcante no rock português, mais inconformado, alternativo e com uma estética visual e musical que se destacava do restante panorama.

Estrearam-se em disco em 1986 com o maxi-single "Querelle" e um ano depois editaram o álbum "Free Pop", que contou com a participação de Adolfo Luxúria Canibal e do cineasta Joaquim Pinto e que é ainda hoje considerado um dos melhores da música moderna portuguesa.

Em 1993 lançam o álbum "Ready-Made", no qual participam Sei Miguel e General D e em 1996 participam no espectáculo "Filhos de Rimbaud".

Os últimos temas originais que se ouviram dos Pop Dell´Arte estão no EP "So Goodnight", de 2007.

 

Ler mais

Exclusivos