Escola Ciência Viva no museu

Todas as semanas a Escola Ciência Viva abre portas a duas novas turmas do 1.º ciclo do Agrupamento Fernando Pessoa, que aceitou o desafio de integrar esta experiência piloto que a médio-prazo será alargada a outros graus de ensino. Até ao final do ano lectivo, 500 alunos de três escolas têm o privilégio de ter aulas no Pavilhão do Conhecimento.

Na Escola Ciência Viva o espaço do recreio pode ser uma exposição, a aula de ciências pode ser na Cozinha é um Laboratório e os alunos podem ter um astronauta na sala de aula ou dar dois dedos de conversa com um investigador todas as semanas. E até quem sabe conhecer um Prémio Nobel em carne e osso.

Todas estas experiências, vividas num contexto de ensino experimental das ciências, irão potenciar nos alunos que passarem pelos bancos da Escola Ciência Viva o prazer de aprender, experimentar e descobrir o mundo que os rodeia e o porquê das coisas.

A Escola Ciência Viva é acompanhada e avaliada de forma contínua por investigadores do Centro de Investigação e Estudos de Sociologia do ISCTE -IUL. A Comissão Científica da Escola Ciência Viva é formada por personalidades de referência nas áreas da ciência e da educação: Alexandre Quintanilha, Carlos Fiolhais, Ana Maria Bettencourt, Arsélio Pato de Carvalho, Maria do Carmo Fonseca, Manuel Paiva e Maria Helena Costa Salema.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG