Moda Lisboa sem três estilistas habituais

Os designers de moda Nuno Baltazar, Luís Buchinho e Aleksandar Protic, presenças habituais na ModaLisboa, não irão apresentar coleções na 43.ª edição, que decorre em outubro e onde se estreia Carlos Gil, foi hoje anunciado.

A iniciativa decorre a 10, 11 e 12 de outubro, com a apresentação das coleções para a próxima primavera/verão.

Contactado pela Lusa, Luís Buchinho referiu que "em termos de agenda é impossível" apresentar coleção nesta edição da ModaLisboa. O criador está "apostado na internacionalização da marca": "A coleção não está disponível nas datas da ModaLisboa, porque estará num showroom em Paris e noutro na China nessa altura", afirmou. No entanto, a coleção será apresentada em Paris (França), na terça-feira, e no Porto, durante o Portugal Fashion.

De acordo com a organização, "a empresa de Nuno Baltazar está em reestruturação e, por isso, o criador decidiu não apresentar a coleção na ModaLisboa". Contactado pela Lusa, Nuno Baltazar remeteu esclarecimentos para mais tarde.

Ainda de acordo com a Associação ModaLisboa, nesta estação "Aleksandar Protic não apresenta coleção em desfile". A Lusa tentou obter mais esclarecimentos do designer, mas até ao momento não foi possível.

Nuno Baltazar estreou-se na passerelle da ModaLisboa em abril de 1999, primeiro com a etiqueta Cravo/Baltazar e, desde outubro de 2004, como Nuno Baltazar, tendo sido presença constante desde então.

Já Luís Buchinho é presença assídua na ModaLisboa desde 1991.

Aleksandar Protic, que começou a apresentar coleções no certame em 2002, já tinha falhado a edição de março de 2012 "por razões decorrentes de reorganização empresarial e entrada de grandes encomendas".

No calendário hoje divulgado, nota-se também a estreia na ModaLisboa de Carlos Gil, o criador sediado no Fundão que é, desde 2006, responsável pelo guarda-roupa da mulher do Presidente da República, Maria Cavaco Silva.

Além disso, há dois convidados: o polaco Michal Szulc, no âmbito do protocolo estabelecido entre a organização e a Semana da Moda da Polónia, e o francês Christophe Sauvat, que vive em Portugal.

Na última edição, em março, ficaram de fora do calendário Os Burgueses e Ricardo Dourado, porque terminaram as suas marcas, e as duplas Marques'Almeida e White Tent.

No caso de Marta Marques e Paulo Almeida, que apresentaram coleção em Londres (Inglaterra), a ausência deveu-se ao "crescimento da marca e a necessidade de responder a novos projetos inconciliáveis com a apresentação em Lisboa". Já no caso dos White Tent, o nome ficou fora do calendário devido a "reestruturação da marca". Nesta edição nenhum irá regressar.

A 43.ª edição da ModaLisboa decorre no Pátio da Galé, na Praça do Comércio e na Praça do Município sob o tema "Legacy" ("Legado").

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG