Kingsman: Serviços Secretos

Leia aqui as críticas de Rui Pedro Tendinha e João Lopes à nova comédia de ação britânica protagonizada por Colin Firth.

RUI PEDRO TENDINHA (Classificação 4/5)

Alguém se lembra de Alex Rider?

É bem possível que ninguém se lembre de Alex Rider- Operação Stormbreaker, de Geoffrey Sax, um monumental fracasso que estreou em 2006 e tentava recuperar o sucesso de vendas dos livros homónimos de Anthony Horowitz, onde se criava um agente secreto britânico a partir de um adolescente com porte atlético. O filme era abaixo de cão mas a sua premissa não deixa de ter pontos de contato com Kingsman- Serviços Secretos. O menino espião, interpretado por Alex Pettyfer, também era treinado por uma organização secreta e, a dada altura, também tinha de salvar o mundo.

Em qualquer dos casos, é justo referir que esta tentativa do cinema britânico em encontrar uma nova "franchise" para rivalizar com James Bond acaba sempre por tentar jogar com códigos de uma apropriação aos chamados gostos do público mais juvenil. Nada contra, como é o caso de Kingsman, sobretudo por aqui há também uma vincada tomada de auto paródia. A escola de 007's juniores do filme de Matthew Vaughn é, notoriamente, puro delírio de farsa.

Para já, graças aos primeiros números divulgados, é bem expectável haver sequela de Kingsman. O próprio Matthew Vaughn já disse que era o seu sonho. Se Alex Rider tivesse tido algum bom senso e não fosse uma mera brincadeira de crianças, já estaria aí certamente o volume 3...

JOÃO LOPES (Classificação 4/5)

Dos efeitos especiais à comédia

Como se prova, os muito celebrados efeitos especiais não têm de ser uma banal ostentação tecnológica. Ao adaptar a BD criada por Dave Gibbons e Mark Millar, o realizador Matthew Vaughn (Kick-Ass) começa por entender o mais básico: o valor da ação está, não nas explosões ou nos ruídos, mas no universo da ação e nas relações entre as personagens. Tudo isto, neste caso, com uma deliciosa e contagiante componente de comédia. O nome "Kingsman" designa, assim, uma associação de agentes secretos que, como é óbvio, lutam contra os malfeitores que querem tomar conta do planeta Terra... Através de um depurado código de honra, as suas aventuras têm qualquer coisa de épico, sem deixarem de ostentar um sofisticado humor muito "british". Aliás, desde Vaughn até Colin Firth e Michael Caine, este é um objeto distribuído por americanos, mas de conceção genuinamente britânica.

Ficha de Filme

Título original: Kingsman: The Secret Service

Realizador: Mathew Vaughn

Com: Colin Firth, Samuel L. Jackson, Taron Egerton, Michael Caine

Ano: 2014

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG