Meses para preparar um festival de fantasia

Para criar um oceano de fantasia em Lisboa, foram necessários em 2009 (edição nomeada para o Melhor Evento Europeu) meses de preparação e uma equipa composta 150 pessoas, entre produção e logística, passando por espectáculos, som, luzes e pirotecnia.

Todo o evento decorreu entre 1 e 15 de Agosto, no Eixo Ribeirinho de Lisboa, e incluiu música, exposições, conferências, animação de rua e múltiplas iniciativas culturais, científicas e de entretenimento.

O Festival dos Oceanos conjugou História, Ciência e Animação, para reforçar e diversificar a oferta cultural e de lazer lisboeta. A iniciativa do Turismo de Lisboa, uma produção da Realizar, contou com o patrocínio do Continente e com o apoio do Turismo de Portugal, da Câmara Municipal de Lisboa, do Casino Lisboa, da GEUrbana, da Rádio Comercial e da Sociedade Portuguesa de Astronomia.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Pedro Lains

"Gilets jaunes": se querem a globalização, alguma coisa tem de ser feita

Há muito que existe um problema no mundo ocidental que precisa de uma solução. A globalização e o desenvolvimento dos mercados internacionais trazem benefícios, mas esses benefícios tendem a ser distribuídos de forma desigual. Trata-se de um problema bem identificado, com soluções conhecidas, faltando apenas a vontade política para o enfrentar. Essa vontade está em franco desenvolvimento e esperemos que os recentes acontecimentos em França sejam mais uma contribuição importante.