Exposição sobre Manuel António Pina no Instituto Politécnico

A biblioteca do Instituto Politécnico da Guarda (IPG) assinalou hoje o início do segundo semestre letivo com a abertura de uma exposição dedicada ao escritor Manuel António Pina.

A mostra, intitulada "Manuel António Pina - escrever para vencer os pesadelos e salvar a vida", integra livros, artigos publicados em jornais e revistas, fotos e referências a prémios que foram atribuídos ao escritor, poeta e jornalista falecido em 2012.

A mostra vai estar patente, no átrio central da biblioteca do IPG, até ao dia 27 de março.

Segundo Carlos Reis, diretor da Escola Superior de Comunicação e Desporto do IPG e coordenador da biblioteca, a exposição insere-se no ciclo de iniciativas com que a instituição "pretende homenagear personalidades da região da Guarda que se destacaram no mundo da cultura e da arte, promovendo em paralelo o gosto pela leitura".

Manuel António Pina nasceu no Sabugal, distrito da Guarda, em 1943, e morreu no dia 19 de outubro de 2012, no Porto.

É autor de poesia, ficção, crónica, literatura infantil e de duas dezenas de peças de teatro, tendo sido distinguido com o Prémio Camões 2011.

Era licenciado em Direito pela Universidade de Coimbra e foi jornalista do Jornal de Notícias entre 1971 e 2001.

Em 2010, a Câmara Municipal da Guarda, em colaboração com o Teatro Municipal e o Centro de Estudos Ibéricos, organizou um ciclo literário dedicado ao escritor e instituiu um prémio com o seu nome.

O Prémio Literário Manuel António Pina, atribuído em parceria com a editora Assírio e Alvim, galardoa obras de poesia e de literatura infantojuvenil.

Manuel António Pina também dá o nome à biblioteca da Escola Básica Adães Bermudes, no centro da cidade da Guarda.

Ler mais

Exclusivos