Filme homenageia poeta

O 21º Festival de Curtas de Vila do Conde está a chegar e com ele traz uma criação que promete homenagear e reavivar o "Lobo da Madragoa", numa produção de Pedro Bastos.

António Lobo de Carvalho talvez seja um nome desconhecido para muitos portugueses. Natural de Guimarães, foi um dos maiores poetas satíricos do século XVIII, apelidado também de "O Lobo da Madragoa". Grande parte das suas obras foram publicadas após a sua morte, em 1787, como a coletânea Poesias Joviaes e Satyricas.

Intitulado Ao Lobo da Madragoa, a curta-metragem, produzida em 2012, foca o lado turbulento de António Lobo de Carvalho, acompanhado por uma banda sonora de órgão e com a mulher no centro da adoração.

O poeta ganha agora nova vida sob a mão de outro natural de Guimarães, o realizador Pedro Bastos, autor de diversas peças de teatro e filmes. Na música, Adolfo Luxúria Canibal.

O filme integra o Festival a decorrer até 14 de julho.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG