Fantasporto "a sério" começa hoje com estreias e clássicos

A 33.ª edição do Fantasporto arranca hoje com a estreia nacional do filme "Mamã", protagonizado por Jessica Chastain, e a cópia restaurada de "The Red Shoes", dos britânicos Powell & Pressburger.

Depois de uma primeira temporada "Pré-Fantas" desde segunda-feira, a abertura oficial do evento que tem lugar até dia 10 ocorre esta noite com a apresentação do filme "Mamã", de Andrés Muschietti e produzido por Guillermo del Toro, obra que encabeçou a bilheteira norte-americana quando foi lançada.

A abertura oficial vai ser uma sessão dupla que conta, também, com uma versão restaurada pelo Instituto Britânico de Cinema (BFI, no original) do clássico "The Red Shoes", da dupla Michael Powell e Emeric Pressburger.

O festival vai atribuir o Prémio por uma Carreira ao realizador português António de Macedo e tem prevista a presença de Manoel de Oliveira no dia 06 de março para assinalar os 70 anos de "Aniki Bobó", primeira longa-metragem do cineasta.

A homenagem a António de Macedo vai contar com a projeção de "Chá Forte com Limão", "O Princípio da Sabedoria", "Os Abismos da Meia-Noite" e "Os Emissários de Khalom", sendo ainda incerto se o cofundador do Centro Português de Cinema vai estar presente.

O Fantasporto vai também destacar algumas estrelas do cinema francês, projetando desde "A Cerimónia", de Claude Chabrol, a "O Último Ano em Marienbad", de Alain Resnais, até "A Princesa com Pele de Burro" de Jacques Demy e "Sem Eira Nem Beira" da mulher de Demy, Agnès Varda.

A abrir o período pré-Fantas esteve "O Planeta Selvagem", de René Laloux, que contou com acompanhamento musical dos Beautify Junkyards, enquanto para encerrar o evento foi escolhido "Robot & Frank", de Jake Schreier.

Em competição na secção de Cinema Fantástico vão estar filmes como "Berberian Sound Studio", de Peter Strickland, que foi considerado um dos melhores filmes de 2012 para a revista Sight & Sound, lista que também incluía o português "Tabu" de Miguel Gomes.

Na Semana dos Realizadores vai estar o Leão de Ouro de 2012 no festival de Veneza, "Pietà", de Kim Ki-Duk, bem como o mais recente do britânico Terence Davies, "The Deep Blue Sea", com Rachel Weisz.

Exclusivos