Chappie

Leia aqui a crítica de João Lopes ao novo filme de ficção científica sobre um robot que está a tentar encontrar o seu caminho no mundo e tornar-se um "homem".

JOÃO LOPES (Classificação 0/5)

Aventuras de um robot do futuro

Há um conjunto de criadores do cinema contemporâneo que nasceu sob o signo de um fascínio linear pela tecnologia. E que, compreensivelmente, com mais ou menos talento, reflete esse fascínio nas histórias que conta. A saga de Chappie, um robot do futuro que desafia as próprias regras de policiamento das ruas para que foi concebido, é um sintoma, também linear, e simplista, desse fascínio: uma ideia com eventuais potencialidades que, em meia dúzia de cenas, fica reduzida a um amontoado de lata, ruído e explosões, sem qualquer consistência narrativa nem sequer um rudimentar sentido do espaço e da sua composição visual e dramática. Como curiosidade, refira-se que dois dos intérpretes, Watkin Tudor Jones ("Ninja") e Yolandi Visser, são membros de Die Antwoord, grupo de rap da África do Sul. E também que Neill Blomkamp é autor do muito mais interessante Distrito 9 (2009).

Ficha de Filme

Realizador: Neill Blomkamp

Com: Sharlto Copley, Dev Patel, Hugh Jackman

Ano: 2015

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG