Auto-retrato de Andy Warhol vendido por 32,5 milhões

Um auto-retrato do artista pop norte-americano Andy Warhol foi vendido por 32,5 milhões de dólares no Sotheby's de Nova Iorque no passado dia 12.

A obra, que data de 1986, representa o artista esguedelhado, olhando a direito para a sua frente.

O quadro estava estimado entre os 10 e os 15 milhões de dólares.

O facto de ter sido vendido pelo dobro do valor que se esperava confirma a renovação de interesse dos compradores de arte contemporânea pelo trabalho de Andy Warhol, que morreu em 1987.

Já na terça feira, dia11, durante um leilão de arte moderna e contemporânea em Nova Iorque no Christie's, o eterno rival do Sotheby's, a obra "Silver Liz", de Warhol, tinha sido vendida por 18,3 milhões de dólares.

A venda do auto-retrato na quarta feira, dia 12, consagra também o preço mais alto alguma vez pago por uma obra deste tipo, produzida pelo excêntrico artista.

Entre as outras obras à venda, uma tela de Mark Rothko, sem título e onde o vermelho domina, foi vendida por 31,4 milhões de dólares, enquanto as estimativas apontavam para valores entre os 18 e os 25 milhões de dólares.

Uma tela de Jackson Pollock, intitulada "Number 12A, 1948: Yellow, Gray, Black", foi vendida por 8,8 milhões de dólares.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG