Investimento dos fundos em acções nacionais sobe 72%

Em Dezembro de 2009, a presença dos fundos em acções nacionais atingiu os 862,9 milhões de euros, mais 361 milhões, ou 72%, do que os valores registados na recta final de 2008, segundo um relatório da Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM).

Apesar da recuperação, o valor de 2009 está ainda muito longe do que era o investimento destes fundos no final de 2007, antes do pico da crise. Nessa altura, em Dezembro de 2007, contabilizaram-se 1,4 mil milhões de euros investidos em acções portuguesas.
Portugal é o terceiro principal destino das aplicações dos fundos de investimento mobiliário. Os títulos nacionais representam 12,3% das aplicações, apenas atrás do Luxemburgo (36,7%) e do Reino Unido (13,3%).
No mercado nacional, os títulos do Banco Espírito Santo continuam a ser os que captam a maior proporção do valor sob gestão, 24,9% do total aplicado em acções nacionais. Seguem-se a Semapa (7,2%), a Galp Energia (6,2%) e a Zon Multimédia (6,1%).O investimento dos fundos no BES aumentou 1,2% para 215 milhões de euros, enquanto na Semapa, que também permanece em segundo lugar, aumentou 5,2% para 62,2 milhões de euros.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG