Warren Buffett já escolheu sucessores

Warren Buffett, o guru dos investidores da Bolsa, já escolheu sucessores para o Berkshire Hathaway, o grupo de investimento que dirigiu nos últimos 44 anos.

"Se eu morrer, o conselho de administração já sabe quem se sentará na minha cadeira no dia seguinte", declarou Buffett, 78 anos, durante a assembleia anual de accionistas, onde estiveram presentes 35 mil pessoas. "Tenho na cabeça três nomes para o lugar de presidente executivo e há quatro possíveis candidatos para responsável do departamento de investimentos. São pessoas que poderão gerir negócios de muitos milhões ou milhares de milhões de dólares", adiantou. A Berkshire fechou o primeiro trimestre com uma quebra nos lucros. "Nada que me encha de glória", conclui Buffett .

Ler mais

Exclusivos

Premium

João Gobern

País com poetas

Há muito para elogiar nos que, sem perspectivas de lucro imediato, de retorno garantido, de negócio fácil, sabem aproveitar - e reciclar - o património acumulado noutras eras. Ora, numa fase em que a Poesia se reergue, muitas vezes por vias "alternativas", de esquecimentos e atropelos, merece inteiro destaque a iniciativa da editora Valentim de Carvalho, que decidiu regressar, em edições "revistas e aumentadas", ao seu magnífico espólio de gravações de poetas. Originalmente, na colecção publicada entre 1959 e 1975, o desafio era grande - cabia aos autores a responsabilidade de dizerem as suas próprias criações, acabando por personalizá-las ainda mais, injectando sangue próprio às palavras que já antes tinham posto ao nosso dispor.