Festivais de música e o futebol são estratégicos

patrocínios A música é, por natureza, o grande território da Unicer. A Super Bock destina "uma grande parte do investimento anual" para comunicação, marketing e activação de patrocínios na área da música. "Presente na música há 17 anos - o Super Bock Super Rock é precursor dos grandes festivais em Portugal e um marco no panorama musical nacional, sendo o único que se realiza há 17 anos consecutivos -, a Super Bock está presente em todos os eventos de referência no País enquanto cerveja oficial ou através do naming em festivais", refere Rui Freire.

Paralelamente ao SBSR, a marca está ao longo do ano nos principais festivais de Verão, nos grandes concertos, eventos musicais e festas regionais, como foi o caso das Festas de Lisboa e do Porto, além de patrocinar espaços emblemáticos como o Pavilhão Atlântico ou a Casa da Música. "Esta é uma linha estratégica muito importante para a Unicer, mais pelo reforço de equity da marca junto dos consumidores do que do retorno de investimento realizado", sublinha o administrador executivo de marketing da Unicer.

Já a Centralcer tem a sua aposta mais centrada no futebol. Na música, a sua lança em África é a parceria com o Rock in Rio. Mas é no futebol e no patrocínio à Selecção Nacional que a Sagres aposta, um apoio que remonta a 1993. O patrocínio estende-se à principal liga de futebol nacional, baptizada de Liga Zona Sagres, bem como à liga de futebol não profissional e a clubes como o Benfica, Braga, Académica, Olhanense e Portimonense. Pelo contrário, o patrocínio do Porto e do Sporting passou, mais recentemente, a ser assegurado pela Unicer.

Também no futebol como em todas as restantes áreas, a guerra das cervejeiras está sempre ao rubro.

Ler mais

Exclusivos