EFACEC ganha manutenção de parques eólicos da EDP em Portugal e Espanha

A Efacec foi a empresa seleccionada pela EDP para fazer a manutenção de parques eólicos em Espanha e Portugal com uma potência instalada global de 150 Megawatts, num contrato de três anos que envolve três a quatro milhões de euros.

"A EDP tinha posto a concurso cerca de 400 Megawatts [de potência instalada em parques eólicos] e desses a EFACEC ganhou 124 Megawatts em Espanha e 26 megawatts em Portugal", disse à Lusa o administrador executivo da EFACEC, Alberto Barbosa.

Em Espanha a EFACEC vai fazer a manutenção dos três parques eólicos de Campollano (que a EDP gere como um parque único e que tem uma potência máxima líquida de 124,10 Megawatts), na província de Albacete. Em Portugal, a empresa liderada por Luís Filipe Pereira vai fazer a manutenção do parque eólico de Vilanova.

A notícia de que a EDP adjudicou nos últimos dias novos contratos de manutenção para os seus parques eólicos foi avançada hoje pelo presidente da eléctrica, António Mexia, no decorrer do "Dia do Fornecedor".

Mexia adiantou que se trata de empresa portuguesa, mas escusou-se a revelar o nome da escolhida.

Alberto Barbosa confirmou à Lusa que se trata da EFACEC, uma empresa que já faz a manutenção de 208 megawatts de potência instalada em parques eólicos da EDP em Portugal e outros 80 MW em Espanha.

O administrador executivo da EFACEC explicou que o contrato engloba "uma parte de manutenção preventiva e outra de reparações", pelo que "é difícil" precisar neste momento o valor global do mesmo.

"Estamos a falar de três a quatro milhões de euros, no total dos três anos", adiantou.

Sobre a proposta apresentada, o administrador executivo da EFACEC disse a empresa fez um "esforço muito grande" para bater a concorrência de empresas espanholas.

"Fizemos um esforço muito grande, apresentámos uma proposta muito competitiva. Os preços em Espanha são extremamente competitivos, hoje muito mais do que há um ano. Mas esta é uma área estratégica para nós, por isso foi muito importante", sublinhou Alberto Barbosa.

A EFACEC, disse o mesmo responsável, factura por ano cerca de 65 milhões de euros em serviços de manutenção em todas as áreas, incluindo a de parques eólicos.

"Temos uma aposta forte e clara na área de manutenção, na qual somos líderes em Portugal e uma das mais fortes empresas também em Espanha", adiantou o administrador.

Ler mais

Exclusivos

Premium

Rosália Amorim

"Sem emoção não há uma boa relação"

A frase calorosa é do primeiro-ministro António Costa, na visita oficial a Angola. Foi recebido com pompa e circunstância, por oito ministros e pelo governador do banco central e com honras de parada militar. Em África a simbologia desta grande receção foi marcante e é verdadeiramente importante. Angola demonstrou, para dentro e para fora, que Portugal continua a ser um parceiro importante. Ontem, o encontro previsto com João Lourenço foi igualmente simbólico e relevante para o futuro desta aliança estratégica.