Aprovada a fusão entre British Airways e Iberia

A Comissão Europeia (CE) abriu hoje caminho à fusão das companhias aéreas Britsh Airways e Iberia, considerando que a operação, que dará origem à terceira maior empresa europeia e uma das cinco maiores do mundo, não cria problemas concorrenciais.

Embora as actividades das companhias britânica e espanhola se sobreponham nalgumas áreas, a CE considera que terão de fazer frente a uma concorrência suficientemente forte do sector.

A empresa resultante, a terceira maior a nível europeu, atrás da Lufthansa e da Air France-KLM, terá uma frota com mais de 420 aviões e destinos para mais de 100 países.

A Iberia e a BA esperam poupar cerca de 400 milhões de euros por ano, a partir do quinto ano de funcionamento da nova linha aérea.

Ler mais

Exclusivos