Homem mais rico da Índia constrói habitação com 27 pisos

O edifício ao centro, em fase final de construção, tem 27 pisos e foi baptizado de "Antili". Quando ficar terminado, em Janeiro próximo, passará a ser a residência oficial de uma família constituída por um casal e três filhos. Mas não é uma família normal. O proprietário chama-se Mukesh Ambani e é o presidente do grupo económico Reliance Industries. Este empresário é o homem mais rico da Índia. A sua monumental habitação terá três plataformas para receber helicópteros e um parque de estacionamento subterrâneo onde cabem 160 automóveis à vontade. Calcula-se que a manutenção deste lar exija a permanência de 600 empregados domésticos, que terão a seu cargo a cozinha, limpezas, pequenas obras domésticas, segurança, etc., etc. Falta acrescentar que este palácio está situado em Bombaim (ou Mumbai, na sua nova designação), que é considerada a cidade indiana onde é maior o flagelo da pobreza e onde pontificou a religiosa e Prémio Nobel da Paz, madre Teresa de Calcutá. Recorde--se que a palavra "nababo", que significa homem muito rico, tem raiz indiana.

Mais Notícias

Outros conteúdos GMG