Helena André: aumentar as qualificações é a solução para contornar a crise

A ministra do Trabalho e Solidariedade Social, Helena André, afirmou hoje que o aumento da qualificação dos portugueses é o instrumento mais importante para conseguir emprego e contornar a crise, lembrando também que é essa a aposta do Governo.

Segundo a ministra, o agravamento fiscal, umas das medidas de austeridade anunciadas pelo Governo para combater a actual crise, pode ser contornado com "o crescimento económico e com a possibilidade de as pessoas acederem ao emprego e manterem-se dentro do mercado de trabalho".

"Aumentar as qualificações dos portugueses é uma das vantagens competitivas mais importantes do nosso país e um dos instrumentos mais importantes que as pessoas podem ter para entrar, manter e progredir no mercado de trabalho", sustentou Helena André, à margem da 12ª conferência da International Society for the Study of Work and Organizational Values (ISSWOV), a decorrer no Centro de Congressos do Estoril, Cascais.

Sobre o agravamento fiscal do IRS, já em prática, e do IVA, a entrar em funcionamento esta semana, a ministra do Trabalho garantiu que "o Governo vai estar atento" aos efeitos que essas medidas terão nas pessoas com menos possibilidades económicas.

"O Governo nunca escondeu que tem noção que o pacote que está em curso para implementar no nosso país poderá ter alguns efeitos recessivos, mas temos de promover o crescimento económico e, sobretudo, melhorar as condições de acesso ao mercado de trabalho", acrescentou.

No âmbito da conferência de hoje, Helena André disse ainda ter a "profunda convicção que o emprego é o melhor veículo de integração social, o melhor veículo de auto-estima e, claramente, o melhor veículo de combate à pobreza".

A conferência, subordinada ao tema "Competing Values in an Uncertain Environment: Managing the Paradox", visa ampliar o conhecimento sobre os valores e cultura nas organizações, fomentando a troca de ideias entre os especialistas da área.

O evento, que se realiza até quarta feira, reúne mais de 200 especialistas na área do trabalho, investigadores e professores universitários oriundos de todo o mundo.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG