Sector privado destruiu 371.000 empregos em Julho

O sector privado nos Estados Unidos cortou 371.000 empregos em Julho, segundo um estudo da consultora em recursos humanos ADP, hoje publicado, que mostra um abrandamento das supressões de emprego, mas inferior às expectativas.

Os analistas consultados pela agência de informação financeira Bloomberg apontavam para a destruição de 350.000 postos de trabalho.

A ADP reviu em baixa para 463.000 o número de supressões de empregos do mês de Junho, contra os 473.000 antes anunciados.

O inquérito da ADP dá uma primeira indicação sobre a evolução mensal do emprego nos Estados Unidos antes dos dados oficiais do Departamento do Trabalho, que cobrem o sector privado e o sector público, e que serão divulgados sexta-feira.

A economia dos Estados Unidos já perdeu 6,5 milhões de empregos desde o início da recessão em Dezembro de 2007, o maior número numa crise económica desde a Grande Depressão que começou em 1929.

MRO.

Exclusivos