Fernando Rosas acusa governo de gerar desemprego

"O Governo está a fomentar directamente o desemprego e a instabilidade laboral", acusou hoje Fernando Rosas, deputado do Bloco de Esquerda, presente na manifestação de trabalhadores do Arsenal do Alfeite, em Almada.

Fernando Rosas garantiu, em declarações à agência Lusa, que "o Bloco de Esquerda vai levar esta questão ao Parlamento, para que seja discutida e para que o Governo seja confrontado com o que está a fazer".

"Hoje, os trabalhadores foram confrontados com um novo contrato de trabalho em que o patrão pode decidir unilateralmente o local de trabalho, o horário de trabalho e pode impor condições extremamente gravosas aos trabalhadores", afirmou.

Fernando Rosas sublinhou que "este contrato lesa direitos adquiridos pelos trabalhadores e que são essenciais".

"Quem não gostar tem 30 dias para resolver se vai para o desemprego ou para a mobilidade geral do Estado", continuou.

O deputado considerou esta situação "inacreditável", ressaltando que "esta paralisação exprime uma justa indignação por parte dos trabalhadores do Alfeite".

Os trabalhadores do Arsenal do Alfeite manifestaram-se esta tarde em frente ao edifício da actual administração, protestando contra os termos do contrato de trabalho apresentado pela futura administração.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG