Caixas de aforro apresentam plano de fusão ao Banco Espanha

Três caixas de aforro espanholas, a Sabadell, Terrassa e Manlleu vão apresentar hoje uma proposta de fusão ao Banco de Espanha que, a avançar, criaria a 16ª maior entidade financeira espanhola, segundo a imprensa.

A concretizar-se, a proposta de fusão, de que dá conta o jornal Expansión, seria a primeira desde a aprovação na sexta-feira do Fundo de Reestruturação Ordenada Bancária (FROB), que pretende facilitar a reorganização do sector financeiro espanhol, principalmente as várias caixas de poupança regionais.

O fundo poderia injectar até 300 milhões de euros no processo de fusão.

Da fusão resultaria uma entidade com activos de 26.806 milhões de euros e lucros líquidos de 21,2 milhões de euros no primeiro trimestre deste ano.

O negócio representaria ainda o fecho de 150 escritórios e o corte de pelo menos 400 trabalhadores.

Tanto o Banco de Espanha como o governo regional da Catalunha recusaram, para já, comentar as notícias.

Mais Notícias

Outros Conteúdos GMG